6 comportamentos de vendas que os clientes odeiam e você deve evitar.

O jeito de vender mudou, e velhos hábitos precisam ser eliminados se você quer vender mais.

Quem nunca foi em uma loja e se deparou com aquele vendedor que fica em cima de você, fazendo comentários genéricos só para você levar tal produto? Ou aquele que aparece do nada e praticamente implora para você fazer o cartão da loja? Muito chato quando isso acontece, né? Muitas vezes, acabamos até saindo do estabelecimento para fugir desse tipo de abordagem.


Esse tipo de comportamento é muito comum em lojas de varejo, e acontece geralmente devido a uma "competição" interna de metas ou por comissões de vendas. Há uma série de comportamentos que ao invés de aproximar o cliente da decisão de compra, acaba tendo o efeito totalmente contrário, e por isso devem ser evitadas. Confira os principais:


Mentir.

Na hora de vender seu serviço ou produto, não vale tudo! Mentir para o cliente é um dos maiores erros que um vendedor pode cometer. Nunca prometa algo que o seu produto ou serviço não pode entregar, seja franco com o seu cliente, exalte as qualidades daquilo que você está oferecendo, mas jamais minta.


Pressionar.

Esse é um velho hábito de vendedores, que deve ser utilizado com cautela. Você pode sim colocar alguma pressão para que seu cliente feche a compra, mas utilize esse gatilho de forma inteligente e sutil. Ao insistir demais, você pode até ganhar o cliente pelo cansaço, mas é certo que ele vai pensar duas vezes antes de comprar com você novamente.


Não saber passar informações.

Um vendedor desinformado não passa a segurança necessária para o cliente, que muitas vezes acaba desistindo de fazer a compra. É essencial conhecer bem o produto ou serviço que você está vendendo, e ser capaz de responder qualquer pergunta que o cliente tenha sobre ele.


Não ouvir seu cliente.

Na ansiedade de vender, muitos vendedores acabam não prestando realmente atenção naquilo que seu cliente quer e precisa, e isso gera um estresse entre vendedor e cliente, que acaba se frustrando por não estar sendo compreendido, e geralmente abandona o processo de compra.


Deixar seu cliente esperando.

Para o bem ou para o mal, estamos na era do imediatismo. Ninguém gosta de esperar por muito tempo, então evite deixar seu cliente esperando muito. Claro, há casos que é preciso combinar um prazo com seu cliente, principalmente no setor de serviços, onde as coisas demandam mais tempo, mas combinando tudo certinho e honrando com o prazo, seu cliente não sairá frustrado.


Ignorar seu cliente.

Pior do que deixar esperando, é ignorar completamente seu cliente. Mesmo que ele esteja pedindo um produto que você não tenha ou um tipo de serviço que você não oferece, sempre o responda e tente ajuda-lo de alguma forma, assim você passa uma boa impressão e mantem a empresa com uma imagem positiva na memória do cliente.


Esses são os principais e mais comuns erros que todo vendedor deve evitar. Estamos numa era onde o mais eficiente é realizar um tipo de venda consultiva, que é pautada em ouvir as dores do cliente e evidenciar em como o seu produto ou serviço pode ajuda-lo. Personalizar o seu atendimento torna a experiência de compra muito mais atrativa para o cliente, que se sente mais exclusivo e bem atendimento pela empresa.




Conheça a metodologia digital de sucesso em vendas!