Sefaz irá descontinuar os emissores de notas gratuitos

Atualizado: Jan 6


É meus amigos, não adianta se desesperar... agora é regra do jogo. A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo informa que a partir de janeiro de 2017 os aplicativos gratuitos para emissão da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e do Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) serão descontinuados, ou seja, todas as empresas que trabalham com notas fiscais de produtos, não importando o porte ou segmento, a partir de janeiro precisarão ter um sistema para emissão de notas fiscais eletrônicas.

Essa decisão, apesar de parecer excludente, na verdade é baseada no fato do Fisco Paulista ter verificado que a maioria dos contribuintes deixou de utilizar o emissor gratuito e optou por soluções próprias, incorporadas ou personalizadas a seus sistemas internos. Além disso, um recente levantamento da Secretaria da Fazenda aponta que o total de NF-e’s geradas por empresas que optaram por emissores próprios somam 92,2%. No caso do CT-e, o número é ainda maior: 96,3% dos documentos são gerados por emissores próprios.

Sendo assim, se sua empresa ainda faz parte nos 7,8% de empresas que ainda não utilizam um sistema de gestão para gerenciar as operações e automatizar os processos do seu negócio, está mais do que na hora de se profissionalizar.

Existem várias opções de emissores no mercado, alguns deles inclusive com uma versão básica gratuita, mas se você agora vai ter que implantar um sistema de gestão para gerenciar esse processo de emissão de notas, porque não aproveitar a oportunidade e implantar todo um sistema de gestão integrado? O sistema além de resolver o seu problema de notas, ainda irá promover muito mais organização, agilidade e segurança para sua empresa.


Utilizar um sistema de gestão integrado é fundamental pois ele permite que os departamentos conversem de forma unificada, diminuindo o retrabalho de seus colaboradores e fornecendo relatórios gerenciais sobre o desempenho da empresa.

Por exemplo, quando é realizada uma venda, o sistema permite que seja gerado um pedido de venda com os produtos descriminados. Quando o pedido é concluído, é baixado o saldo desses produtos no estoque, a nota fiscal de vendas é gerada e enviada por e-mail para o seu cliente automaticamente, e o valor do pedido é automaticamente lançado como uma conta a receber no financeiro, onde ainda pode ser gerado um boleto de cobrança e enviado por e-mail para o cliente de forma automática.

O mesmo ocorre no processo de compra. A partir de um pedido de compra ou de uma nota de recebimento, é possível importar a nota para o sistema. Com a importação da nota, o sistema já atualiza o saldo dos produtos no estoque e lança o valor da nota como um contas a pagar no financeiro, tudo de forma automática e com poucos cliques.

Como você faz para ter esse controle simples hoje? Quanto tempo leva para você registrar tudo isso? Se trabalha com planilhas, quantas planilhas seus colaboradores precisam alimentar manualmente para realizar esse processo? Quantos sistemas você precisa utilizar hoje para registrar os pedidos, o estoque, emitir a nota, gerar o boleto e ainda registrar os valores recebidos?

Com um sistema de gestão você pode fazer isso e muito mais de forma simplificada, agilizando toda a rotina da empresa e agregando muito mais valor ao seu negócio. Se você ainda não tem um sistema de gestão, entre em contato com INFOQPLAN, conheça nossas soluções e saiba mais a respeito, nossos analistas estão à disposição para atendê-lo!

Fonte: https://goo.gl/ULpsFV


#ERP #SistemadeGestão #Suporte

2 visualizações