3 recomendações para evitar ataque de hackers

Atualizado: Jan 6



O ciberataque mundial iniciado na sexta-feira (12) deixou 200 mil vítimas, principalmente empresas, em ao menos 150 países, segundo diretor da Europol.

O ataque foi feito por um vírus de resgate, um ransomware. Ele embaralha os arquivos do computador, impedindo seu funcionamento normal. Para restaurar os arquivos e recuperar o sistema, a vítima precisa fazer um pagamento. Imagens do vírus divulgadas na sexta-feira indicavam que a praga estava pedindo US$ 300 (cerca de R$ 950, mas os valores têm variado) para serem pagos pela criptomoeda anônima Bitcoin (que dificulta o rastreamento realizado por autoridades) até uma data limite.

Assista e conheça abaixo 3 ações emergenciais que você pode adotar na sua empresa agora mesmo!



Mais Notícias:

G1 - Volta ao trabalho nesta segunda causa temor mundial de novos ciberataques; China é atingida

G1 - Europol diz que ciberataque deixou 200 mil vítimas em ao menos 150 países

Olhar Digital - Ciberataque mundial deve fazer ainda mais vítimas hoje


17 visualizações