Desorganização empresarial: derrote-a ou seja derrotado!

Empresários que não possuem senso de organização e planejamento tendem a ser derrotados e eliminados do mercado.

"Empreender é um dom" - este é um termo simplório popularmente replicado pelas pessoas, mas não é verdade. Qualquer pessoa pode empreender, o que vai diferenciar o empreendedor de sucesso dos outros, é uma série de fatores relacionados a esforço, conhecimento, inteligência de negócio e principalmente organização.


Um bom empreendedor pode ter todas as melhores qualidades para o sucesso, podendo ser uma pessoa extremamente esforçada, que sempre busca aprender novas skills e se aprofundar em seus conhecimentos - pode também aplicar estratégias super inteligentes e assertivas, mas sem um bom senso de organização e planejamento, mais cedo ou mais tarde ele é engolido por toda a desorganização que deixou crescer a sua volta - e dependendo do tamanho da bagunça, pode ser tarde demais.


A desorganização empresarial não é silenciosa, ela gera sintomas que refletem na vida do próprio empreendedor e também na de seus funcionários - ela dói no caixa da empresa também!


Ambiente de trabalho estressante: este é um dos sinais claros de desorganização, ele reflete na saúde de todos os funcionários, implica em serviços mal feitos e gera uma relação de desafeto entre a equipe e a empresa.


Muito esforço e pouco resultado: atingir resultados abaixo do esperado mesmo com um grande movimento de esforço por parte de toda a equipe, é algo normal e que pode acontecer as vezes - o problema é quando isso se torna algo constante, resultando em uma equipe cada vez mais frustrada e menos motivada. O motivo de tanto esforço não dar resultado, pode estar na falta de organização na empresa como um todo ou em setores chave.


Prejuízo por falta de comprometimento: a falta de comprometimento com algo está ligada a organização empresarial também. Imagina assinar um contrato sem antes se organizar para cumprir com ele? - seja num contrato com fornecedores, clientes, prestadores de serviço ou parceiros, há clausulas que precisam ser cumpridas como o previsto, afim de evitar multas por atraso, quebra contratual, entre outros requisitos onde o não cumprimento pode acarretar em prejuízos financeiros.


Erros bobos são constantes: um ambiente de trabalho e uma rotina mal organizada é solo fértil para erros bobos, que poderiam ser facilmente evitados se houvesse organização. Note que erros bobos podem ter consequências graves e o acumulo dessas "pisadas na bola" corroem pilares importantes da empresa.


Além desses sintomas, outra característica da desorganização empresarial é aquele incomodo no fundo da sua mente, de algo que você tem ciência que precisa ser feito, mas vai empurrando para baixo do tapete e adiando por simplesmente não conseguir parar para resolver. Só o fato de você não conseguir parar para resolver uma questão que já havia sido planejada anteriormente, demonstra uma clara falta de organização.


Ok, mas como obter uma melhor organização empresarial?


Isso depende muito do nível de desorganização que a empresa se encontra, o primeiro passo é fazer o diagnóstico da bagunça, para depois estabelecer uma lista de prioridades e ir resolvendo as questões pendentes. Estando com tudo resolvido, é hora de buscar métodos que facilitem tarefas do dia-a-dia.


Uma dica é utilizar programas e aplicativos de gerenciamento organizacional, como é o caso do Trello e Google Agenda, que permitem que você monte sua agenda de tarefas no dia, na semana ou no mês, estabelecendo prazos e contando com lembretes e avisos.


Outro aplicativo, mas agora voltado para a comunicação empresarial, é o Slack, onde é possível montar canais organizados por temas, assim você consegue separar os departamentos da empresa e escolher quem tem acesso a cada canal, direcionando melhor as conversas.


Para o setor de vendas, já falamos outras vezes por aqui, mas o uso de CRM é crucial na organização. Além de um controle completo sob as negociações, ele fornece dados base para tomadas de decisões e planejamento de estratégias comerciais.


Após o estabelecimento de uma estrutura organizada, e com a empresa indo bem financeiramente e operacionalmente, ainda é possível buscar outras ferramentas que automatizem processos de forma mais profunda.


A organização empresarial começa com a vontade de ser mais produtivo e trabalhar de forma mais inteligente. Conquistando e dominando a organização do seu trabalho, é possível atingir toda a produtividade potencial sua e de sua equipe - não é sobre trabalhar mais, e sim trabalhar melhor, direcionando o esforço necessário para o cumprimento de cada tarefa.





Revolucione o processo de vendas da sua empresa!