Engajamento: comportamentos que diminuem seu alcance nas redes sociais.

É preciso se atendar a mudança de comportamento do público e nos detalhes que vão além de simplesmente postar nas redes sociais.

Já faz um bom tempo que não basta somente postar nas redes sociais para ter seu conteúdo entregue. Nos últimos anos principalmente, houve um fluxo muito grande de pessoas que criaram novos perfis ou passaram a movimentar mais as suas redes sociais. E nesse bolo de pessoas, vieram também várias empresas, que antes da pandemia mal atualizavam seus perfis mas por uma necessidade de comunicação, se viram obrigadas a fortalecer a presença no meio digital.


Com o espaço no feed cada vez mais disputado, as empresas precisam ser criativas e estarem atentas as mudanças de comportamento dos usuários, para assim serem vistas e manterem um engajamento relevante com a sua audiência, e ao mesmo tempo conseguir crescer, furando a bolha e atingindo novos públicos de interesse.


O fato é que, com tantas empresas e conteúdos aparecendo no feed, o usuário está cada vez mais seletivo e com um tempo muito mais limitado para dar atenção ao seu conteúdo, então você deve se atentar aos comportamentos que afastam a atenção do usuário e diminuem o alcance dos seus conteúdos.


Legendas compridas

Menos é mais. Tenha em mente que as redes sociais não são um blog, e portanto a sua legenda não deve ser um artigo. Os resultados obtidos pela pesquisa de Jeff Bullas, especialista em marketing nas redes sociais aclamado pela Forbes, demonstram que conteúdos com legendas mais sucintas (até 80 caracteres) recebem até 66% mais interação no Facebook, tendo um resultado bem similar no Instagram também.


Isso não significa que a sua legenda deve estar restrita a 80 caracteres, mas é verdade que conteúdos mais diretos e sucintos tendem a engajar mais e ter um melhor alcance. Portanto, não tente abraçar todos os detalhes sobre um assunto, faça um recorte e seja direto com o seu público.


Design pobre

Mais uma vez, você está disputando um pequeno espaço com muitos outros perfis repletos de conteúdos interessantes, é preciso saber chamar a atenção do usuário logo de cara, e um design bacana e eficiente faz toda a diferença.


O Facebook e principalmente o Instagram, são redes sociais totalmente visuais, ou seja, o que mais importa ali é o apelo visual. De nada adianta uma legenda direta, sucinta e esclarecedora, se o visual do seu conteúdo é fraco - o usuário provavelmente não vai nem parar para conferir.


Em outra pesquisa feita por Jeff Bullas, os dados apontam que conteúdos visuais performam um engajamento 37% maior do que conteúdos não visuais, que são aqueles que não utilizam design algum ou utilizam um design muito pobre e pouco efetivo.



Perfil não otimizado

Otimizar um perfil, nada mais é do que organiza-lo de forma que os mecanismos de busca daquela rede social o encontre mais facilmente. Para isso você deve fornecer informações claras e objetivas. O seu nome de usuário é muito importante, o ideal é que ele seja curto e se possível apresente somente o nome da empresa (como @infoqplan por exemplo).


É recomendado também que seu perfil contenha um site, seu endereço comercial, um curtíssimo resumo sobre o que a empresa faz e um selo comercial que especifica o nicho do negócio, se é indústria, loja, instituição financeira, hotel, etc.


Se você quiser saber o passo-a-passo de como deixar seu perfil do Instagram bem otimizado, clique aqui e confira nosso post que ensina exatamente como fazer isso.


Conteúdo irrelevante

Se você é o tipo de empresa que utiliza as postagens de redes sociais para vender o tempo todo, sempre anunciando seu produto, falando sobre como ele é bom e que as pessoas deveriam compra-lo, sinto muito em lhe informar, mas você está destruindo o seu engajamento!


É certo que as redes sociais são uma grande vitrine para expor produtos e serviços e vender o seu peixe, mas isso deve ser feito de maneira especifica e sútil. As pessoas que te seguem não querem ficar sendo abordadas o tempo todo com postagens que tentam convencer ela a comprar, é muito mais interessante se a empresa oferece um conteúdo relevante e de valor, que tenha ligação com o seu produto ou serviço.


Conteúdos de dicas, tutoriais, curiosidades e bastidores sobre o seu negócio são exemplos de conteúdos de valor que orbitam o universo da venda sem de fato vender descaradamente. É este tipo de conteúdo que funciona melhor nas redes sociais.





Revolucione o processo de vendas da sua empresa!